Caminhadas



Para seguir os passos de Jesus, Inácio de Loyola reuniu um grupo de amigos para trilhar as estradas do mundo rumo à civilização do amor. Ferido na batalha, em defesa de Pamplona, Inácio se permitiu sentir e saborear internamente a presença de Deus, que habita e trabalha em todas as criaturas, e passou a contemplá-lo em tudo. Seguiu a estrada e anunciou o Evangelho em companhia, confiando apenas no amor e na graça de Deus.

Celebramos na Igreja, em 2021, o início do ano Inaciano, que culmina na celebração dos festejos em 31 de julho de 2022. Pretende-se mobilizar todas as obras apostólicas da Companhia de Jesus ao redor do mundo, para em júbilo, festejar pelos 500 anos do sim, à vontade de caminhar de Inácio!

Caminhar é seguir por um  caminho e percorrê-lo andando a pé, com pés firmes e confiantes no chão que se pisa. É também seguir em busca de um lugar, mesmo estando em constante movimento ou até mesmo seguir em rumo a algum objetivo. Entretanto, muitas vezes o egoísmo e a soberba nos levam a nos perdermos no meio do caminho.

Minha experiência de caminhadas foi ao lado de amigos e amigas que se aventuraram a seguir os passos de alguém que caminhou antes de nós e mudou o curso da humanidade. Na minha vida de fé, busquei muitos caminhos e fiquei perdido ao longo de muito tempo. Em meio a minha profissionalização, ao entrar para a PUC-Rio, escolhi caminhar em busca dos passos de Jesus  junto à Pastoral Universitária Anchieta.

Nos amigos de caminhada da carinhosamente chamada “Pastoral”, encontrei o conforto da escuta, a crítica construtiva em torno das minhas limitações, e a espiritualidade inaciana. Descobri ali o sentido da vida, “tudo para maior glória de Deus”; caminhar através da fé e da razão ao lado da ciência.

Na escuta carinhosa da Pastoral Universitária aprendi o valor da amizade, no cuidado da nossa antiga biblioteca e nas realizações da FEVUC desenvolvi a paixão pela cultura. No PVC Seja Mais realizei meu sonho em ser professor, e ali, aprendi a sagrada missão que o educador carrega sobre si. Em nosso Projeto de Vida desafiamos nossos estudantes a viver os valores Crísticos na defesa e promoção dos Direitos Humanos, promovendo uma educação integrada e transdisciplinar.

Em um caminho de acolhida, afeto, amadurecimento, profissionalização, partilha de vida e amor, a Pastoral Universitária Anchieta, da PUC-Rio, vem sendo um lugar fecundo da identidade e missão da PUC-Rio. Passos dados com inspiração na pedagogia inaciana.

Foi com a Pastoral Universitária que fiz meu primeiro exercício espiritual de Santo Inácio. Uma pequena etapa em que descobri a beleza da contemplação. Motivo de sobra para continuar caminhando! Ver novas todas as coisas, em Cristo!

Torna-se um prazeroso desafio resgatar a memória da minha caminhada, em meio a uma celebração tão efusiva do ano Inaciano. Mais feliz estou por estarmos caminhando para a grande festa dos 50 anos de missão da Pastoral Universitária Anchieta. E ao lado da Senhora da estrada tudo fica mais leve. O segredo é viver em companhia!

*Walmyr Junior é professor e escritor. Colaborador da Pastoral Universitária Anchieta, atua como  correferencial do Setor Espiritualidade. É autor do livro “Porta Vozes da Resistência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *